No Centro-Oeste ocorreu a alta menos expressiva para o calcário dolomítico, 2,3%. Os negócios ocorrem por R$ 44,33/t

Pelo segundo mês consecutivo o preço do calcário dolomítico subiu nas regiões pesquisadas pela Scot Consultoria, com exceção do Paraná, onde se manteve estável, cotado em R$20,50 por tonelada.

A maior alta foi em Minas Gerais. O preço subiu 10,9% em relação a julho e o insumo está sendo negociado por R$47,00/tonelada.

Já em São Paulo o preço do calcário subiu 4,8%. A tonelada está cotada em R$53,00.

No Centro-Oeste ocorreu a alta menos expressiva, 2,3%. Os negócios ocorrem por R$44,33/tonelada.

A tendência para o próximo mês é de reajustes moderados.

 

Fonte: Ourofino Agronegócios